Seja bem-vindo
Brasília,05/03/2024

  • A +
  • A -
Publicidade

Secretário de Estado dos EUA faz viagem pelo Oriente Médio em meio à crise na região

g1.globo.com
Secretário de Estado dos EUA faz viagem pelo Oriente Médio em meio à crise na região
Publicidade


Primeira parada será na Arábia Saudita, região banhada pelo Mar Vermelho, onde os Houthis estão atacando diversos navios no local. O grupo rebelde prometeu continuar os ataques até que Israel interrompa o conflito em Gaza. Secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken
Jacquelyn Martin/Pool via REUTERS
O secretário de Estado dos Estados Unidos, Antony Blinken, chegou à Arábia Saudita nesta segunda-feira (5), para encontrar o príncipe herdeiro do país, Mohammed bin Salman, e o o ministro dos Negócios Estrangeiros, o príncipe Faisal bin Farhan Al Saud.
A viagem acontece em meio a um conflito entre os EUA e o Houthis, grupo rebelde que vem atacando navios no Mar Vermelho, região onde está localizado o Canal de Suez, a principal conexão entre a Ásia e a Europa — o canal é importante meio de transporte para cadeias de suprimento de produtos em todo o mundo.
✅ Clique aqui para seguir o canal de notícias internacionais do g1 no WhatsApp
De acordo com a agência de notícias Associated Press, cerca de 50 embarcações passam por lá todos os dias carregando os mais diversos produtos. E desde novembro, os rebeldes realizam ataques contra navios que passam em protesto à guerra de Israel contra o Hamas, um de seus aliados, na Faixa de Gaza.
O grupo prometeu continuar os ataques até que Israel interrompa o conflito e alertaram que atacariam navios de guerra dos EUA. Em 15 de janeiro, por exemplo, os Houthis dispararam um míssil contra um navio norte-americano — não houve feriados ou danos relatados.
Mapa mostra o caminho que os navios fazem até chegar ao Canal de Suez
Kayan Albertin/g1
Essa é a primeira parada de Blinken em uma viagem que deve passar por diversas regiões do Oriente Médio. Ele também deve visitar o Egito, Catar e Israel no final desta semana - países que também fazem intermediação para um possível acordo para nova trégua na guerra de Israel e Hamas.
Desde que o grupo terrorista atacou o território israelense, em 7 de outubro, o secretário de Estado dos EUA viajou quatro vezes à região.

Publicidade



COMENTÁRIOS

Buscar

Alterar Local

Anuncie Aqui

Escolha abaixo onde deseja anunciar.

Efetue o Login

Recuperar Senha

Baixe o Nosso Aplicativo!

Tenha todas as novidades na palma da sua mão.